O cantor Bruno Scornavacca, 28 anos, o caçula do grupo KLB, foi atropelado na madrugada de ontem, em São Paulo. Quando saia de uma balada com amigos, ele parou na calçada, na esquina das avenidas Juscelino Kubitschek e Brigadeiro Faria Lima, no Itaim Bibi, para tirar fotos com as fãs, quando uma motorista bêbada deu a ré, invadiu a calçada e prensou o músico contra uma van.

Apesar da forte pancada, Bruno não fraturou nenhum osso. Apenas teve cortes e escoriações pelo corpo. Precisou enfaixar o braço enfaixado e tomar remédios para dor.

De acordo com Franco, pai e empresário de Bruno, a motorista estava alcoolizada. A jovem foi levada diretamente para uma delegacia, para fazer o teste do bafômetro.

Durante a tarde, a família descobriu que a motorista é filha de um amigo de Franco. Por conta disto, a família decidiu não dar queixa contra a moça, que não teve o nome divulgado. “Não vamos fazer nada contra ela, mas eu fico com pena dessas pessoas que saem à noite bebendo. Isso é um perigo”, declarou o pai ao site UOL.

Kiko, irmão mais velho de Bruno, publicou em seu Twitter uma foto e uma mensagem para o cantor: “Quando Deus põe a mão nenhum homem interfere!! Bruno ta bem! Em casa!! Foi feio o acidente!! Prensado entre dois carros!! Ficou o corpo dele entalhado no carro e na van!! Mas ele esta bem!! A pancada foi muito forte! Bruno trocou a data do aniversario!! Nasceu hoje! Obrigado meu Deus!! Agora que ta tudo bem volto pra luta!!”.