A Fundação Bienal do Mercosul anunciou nesta quarta-feira, 29, a lista de participantes da 10ª Bienal do Mercosul, marcada para ocorrer entre 8 de outubro e 22 de novembro em Porto Alegre. Foram selecionados 402 artistas de 21 países para as mostras do evento, que tem a curadoria-geral do brasileiro Gaudêncio Fidelis.

A 10ª Bienal do Mercosul é intitulada Mensagens de Uma Nova América. Segundo seus organizadores, serão apresentadas cerca de 700 obras históricas, como o quadro Tiradentes Esquartejado (1893), de Pedro Américo, e criações contemporâneas. Entre os selecionados estão o muralista mexicano Diego Rivera, o escultor brasileiro Aleijadinho e a pintora Tarsila do Amaral.

“De fato, é necessária uma nova estratégia capaz de dar conta das mudanças ocorridas nos últimos anos no contexto das mostras de arte de larga-escala e é importante evitar mergulhar em uma tendência internacional de exposições que se tornaram por demais excêntricas e que mais serviriam para serem realizadas como plataformas experimentais em centros de arte contemporânea destinadas a um público reduzido e para especialistas”, afirma Fidelis no comunicado da Fundação Bienal do Mercosul.