O clima no Pânico na Band não poderia ser pior! Minutos antes de o programa entrar no ar, domingo à noite, houve uma briga seríssima entre o diretor Alan Rapp e o humorista Wellington Muniz (foto), o Ceará. Segundo o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, tudo começou quando Ceará perguntou a Alan se poderia entrar no programa vestido de Gabi Herpes, sua sátira à jornalista Marília Gabriela. Alan o ignorou. Ceará fez, de novo, a mesma pergunta. Alan, desta vez, respondeu: “Faça o que você quiser”.

Bastante irritado com a resposta, o humorista resolveu lavar a roupa suja. Disse que há muito tempo vem se sentindo desprestigiado no programa, que seus personagens quase não aparecem e que nunca entendeu o porquê. O bate-boca foi tão feio que por muito pouco não houve agressão física.

Depois de encerrado o programa, Ceará, ainda nervoso, disse aos amigos mais próximos que iria deixar o Pânico.