O padre, cantor e escritor Antônio Maria foi feito refém durante uma invasão ao Mosteiro Karim, em Jacareí, interior de São Paulo, anteontem à noite, quando criminosos invadiram o local e renderam cerca de 15 pessoas. Além dele, jovens adotados, freiras e o caseiro também ficaram sobre a mira dos assaltantes.

De acordo com uma das vítimas, por volta de 23h, cerca de sete homens armados invadiram o local. Os criminosos levaram televisores, computadores, celulares e R$ 1.100 em dinheiro, informou o delegado Talis Prado Pinto, da Delegacia Seccional de Jacareí. Ninguém foi preso.

Caridade

“Eles disseram que não iam fazer mal nenhum, mas que queriam dinheiro. Eu falei ‘meus filhos, não façam isso, nós não temos dinheiro. Nós lutamos com dificuldade’. Até as pessoas imaginam muitas vezes que eu nado em dinheiro, porque canto, porque tenho discos, vou à televisão. Porque sou amigo do Roberto Carlos e isso não quer dizer nada”, contou o padre.

Logo após ser desamarrado, o sacerdote disse a um dos criminosos que iria rezar por ele. “Eu falei ‘eu sei que não vai dizer teu nome, mas eu quero dizer que eu vou rezar muito por você, por vocês, vai falar isso para os teus amigos’. E eu fiquei lá conversando com ele e disse até ‘eu quero te dar um abraço’, e eu abracei ele e ele me abraçou”, disse.