Bailarino internacional ministra workshop em Cascavel

Depois de passar por diversas capitais brasileiras, Hector Bohamia, bailarino argentino radicado na Alemanha há 20 anos estará em Cascavel até domingo ministrando cursos nas áreas de dança e teatro, dentro da programação ?Ecos do 17º Festival de Dança de Cascavel?, numa realização da Prefeitura de Cascavel, através da Secretaria da Cultura.

Nesta sexta-feira, Bohamia ministra curso de neoclássico no Studio de Artes Leandra Vagliatti, das 15 às 18 horas. Sábado e domingo, os cursos serão realizados no Centro Cultural Gilberto Mayer, sendo das 10 às 13 contemporâneo e das 15 às 20 horas, composição coreográfica. No dia 03 de setembro, Héctor apresenta a peça ?State of Independence World Tour?.

Radicado a mais de duas décadas em Frankfurt (Alemanha), Bohamia sempre se manifestou como um homem inquieto e interessado na transformação. A arte, mais especificamente a dança no Brasil, segundo ele, carecem de muita pesquisa. ?Há ótimos bailarinos, há ótimos profissionais, porém falta estudo e criticidade aos trabalhos, o que garantiria mais possibilidade de empreendimento?, diz o bailarino, lembrando que dança não se resume a movimento. ?Dança é essencialmente pesquisa, investigação. Mais ainda, a dança precisa ser mais visceral e menos visual. Eu sou um artista das vísceras. Para transgredir tem que estudar e acima de tudo construir uma personalidade própria?.

Contra a uniformização da cultura, Bohamia vê a expressão corporal e a dança com um papel essencial. O da provocação. A auto-expressão, a criatividade e o olhar crítico proporcionados por estas atividades corporais são ótimas defesas contra a massificação de idéias e valores dominantes, uma vez que fortalecem as imagens internas individuais. ?Por isso, em cada lugar por onde passo eu respeito suas características e especificidades?, enfatiza.

Serviço:
Evento: Workshop com Hector Bohamia
Data: 25, 26 e 27
Local: sexta-feira das 15 às 18 horas (Studio Leandra Vagliatti ? Rua Minas Gerais, 2744). Sábado e domingo das 10 às 13 e das 15 às 20 (Centro Cultural Gilberto Mayer)
Informações: 3902-1369 ou no celular 9978-5179

Voltar ao topo