Julia Olliver nem era nascida quando Chiquititas, exibida de 1997 a 2001, se tornou um fenômeno entre a garotada. Aos 10 anos, a atriz está ansiosa com o desafio de viver a menina de rua Pata, uma das personagens mais carismáticas da história, no remake da novela infantojuvenil, que estreia dia 15, no SBT.

“A história dela é triste. Estou aprendendo com a personagem que a vida na rua é muito perigosa. Mas tudo muda quando ela vai viver no orfanato Raio de Luz com as outras crianças”, conta Julia, que não conhece Aretha Oliveira, a Pata na primeira versão. “Sempre quis conhecê-la. Mas vou fazer do meu jeito”, diz a menina que estrela campanhas publicitárias desde os 4 anos.

“Só fiz publicidade, comecei em comerciais. Mas essa novela é a primeira de muitas que quero fazer. Chegou uma hora em que falei para a minha mãe: “Quero ser atriz’”, revela.

Aluna do 5º ano do Ensino Fundamental, Julia grava seis horas por dia, mas garante que o ritmo do trabalho não atrapalha os estudos. “Acordo todo dia às 5h40 para ir à escola e, depois, vou direto para o estúdio. Minha mãe me ajuda a fazer as lições de casa e a decorar o texto”, conta.

Nas cenas de emoção, ela já tem uma estratégia para chorar: “Penso numa coisa triste, me coloco no lugar da Pata. Afinal, ela mora na rua, né?”.