O Arquivo Público do Paraná completa neste mês 152 anos de fundação e, para comemorar, está preparando uma série de eventos que vão homenagear a Associação Amigos do Arquivo Público, que faz 15 anos em 2007, e a historiadora Cecília Maria Westphalen. Se estivesse viva, Cecília faria 80 anos, no próximo dia 27.

O primeiro dos eventos organizados pelo Arquivo está marcado para a próxima quarta-feira (25), às 13h30, na sede da instituição, em Curitiba (Rua dos Funcionários, 1796). O outro está agendado para o dia 28, na Lapa, a partir das 14 horas.

Em Curitiba, a programação do dia 25 começa às 13h30, com o lançamento da Norma Brasileira de Descrição Arquivística (Nobrade), e termina no final da tarde, com a abertura da exposição ?Cecília Maria Westphalen ? sua obra, sua herança?.

A Nobrade estabelece uma série de mecanismos, regras e ferramentas padrões para serem utilizados pelos arquivos públicos, na gestão de documentos oficiais. Foi elaborada a partir de normas internacionais e instituída em agosto do ano passado pelo Conselho Nacional dos Arquivos (Conarq).

O Arquivo Público do Paraná é um dos pioneiros em implantar as novas regras ? logo um mês depois de aprovadas, a instituição promoveu uma oficina, em Curitiba, sobre o assunto. ?O lançamento será regional, uma forma de divulgar a Nobrade na região Sul do país. Para o lançamento, deveremos ter a presença da professora Viviane Tessitore, técnica do Arquivo Público Nacional?, adianta a diretora do arquivo paranaense, Daysi Lúcia Ramos de Andrade.

Sessão em homenagem a Cecília – O outro evento, o do dia 28, começa às 10 horas, na Lapa. Professores e estudantes da Universidade Federal do Paraná (UFPR) ? onde Cecília Westphalen trabalhou ? e a comunidade local participam de uma sessão, no Teatro São João, em homenagem à historiadora. Em seguida, haverá uma visita monitorada à casa onde a professora viveu, também na Lapa (Avenida Doutor Manoel Pedro, 2351).

Cecília Maria Westphalen é natural daquele município. Por mais de três décadas, dedicou-se ao ensino e à pesquisa na área de História, atuando pela UFPR. Ao todo, são 252 trabalhos publicados, no Brasil e no exterior. Foi uma das fundadoras da Associação dos Amigos do Arquivo Público, em 1992. A professora morreu em 9 de março de 2004.

Serviço:
Os eventos dos 152 anos do Arquivo Público são abertos ao público. Informações pelo telefone (41) 3352-2299 e pela internet: www.pr.gov.br/arquivopublico. O Arquivo Público é vinculado à Secretaria de Estado da Administração e da Previdência (Seap).