Até a Quarta-feira de Cinzas o Museu Paranaense apresenta ao público a exposição ?Antigos Carnavais?. São cerca de 30 fotografias do final do século XIX e início do século XX, que retratam foliões fantasiados, blocos carnavalescos e festas de salão e de rua na capital paranaense. O destaque é uma fantasia feminina da década de 20, utilizada pelo Grêmio das Violetas. Também estão expostos jornais, revistas de época e discos com canções de Carnaval.

O Carnaval começa a aparecer na imprensa após a emancipação política do Paraná, em 1854. Neste período, as farras de Momo eram conhecidas como entrudo. Ocorriam principalmente durante o dia, nas ruas da cidade, onde foliões mascarados atiravam nos passantes baldes de água, tinta, limões e laranjas. Durante a noite, aconteciam os bailes de máscaras em sociedades, clubes e teatros fundados as partir da segunda metade do século XIX.

Por volta de 1920, as divertidas manifestações de rua já tinham sido substituídas pelos corsos carnavalescos, grupos de foliões que desfilavam em carros conversíveis com fantasias semelhantes. A cidade era tomada por foliões que dançavam ao som das tradicionais marchinhas. Foi nesse período que surgiram as primeiras escolas de samba, como a Colorado e a Embaixadores da Alegria.

Exposição Antigos Carnavais

Museu Paranaense

Rua Kellers, 289 – Alto São Francisco

A exposição permanece aberta até 21 de fevereiro, de terça a sexta-feira, das 9h30 às 17h30, sábados, domingos e feriados das 11h às 15h. Entrada: R$ 2,00 e para idosos e crianças até 12 anos, R$ 1,00. Entrada franca aos sábados.

Informações: 41 3304-3300.