Em apenas 19 anos de carreira fonográfica, o cantor Alexandre Pires já ganhou Grammy, vendeu mais de 13 milhões de seus discos, recebeu prêmio das mãos do Príncipe Albert de Mônaco, foi convidado para apresentação exclusiva no epicentro do poder mundial, a Casa Branca, para o presidente americano George Bush, desenhou o boom do pagode nos anos 90 e encabeça o samba nos anos 00 e 10.

Mas agora com dois filhos pequenos, Arthur, de 4 anos, e Julie, 2, o pagodeiro quer equilibrar melhor a vida profissional com a família e trabalhar em ritmo mais hamonioso. Reflexo desse novo período é o DVD que está lançando, EletroSamba, em que misturou o samba e o pagode (com músicas dos seus 22 anos de carreira) com o som eletrônico de um DJ dando ritmo à festa de gravação, um sonho antigo de Alexandre. Vários artistas participaram da gravação, como Alda, mãe do cantor, Xuxa, Bruno (da dupla com Marrone), João Victor (da dupla com Léo), e até de Cláudia Leitte. A única coisa que “destoa” do ritmo eletrônico do DVD é a música de abre, “A Chave é o Seu Perdão”, uma canção extremamente romântica. “O romantismo é a minha marca, não podia faltar”, disse o cantor, em entrevista exclusiva à Pop, garantindo que, possivelmente em novembro, estará com seu show aqui na capital.

Alexandre participou esta semana das gravações do TV Xuxa, do primeiro programa que foi exibido sábado com a ex-loira. Ele levou a esposa, a dançarina Sara Campos, e os dois filhos para conhecerem a rainha morena em primeira mão. “O Arthur tinha uma moedinha da sorte na mão. Quando perguntamos o que ele ia fazer com aquilo, ele disse que ia levar para a Xuxa. E logo que a encontrou, foi direto a ela dizendo ‘isso aqui é para você‘” , contou o cantor, que promoveu o encontro como presente de aniversário ao filho, que comemorou os quatro anos na quinta-feira. “Acabei deixando eles (os filhos) com a Xuxa e tive que sair para me arrumar para o programa. A Xuxa brincou com eles, deu batons à minha filha, a fantasiou, encheu de pulseiras. O camarim da Xuxa é uma loja. Minha filha adorou”, disse Alexandre, revelando os bastidores do programa.

Internacional

Com filhos pequenos e os constantes pedidos da esposa para estarem todos juntos, Alexandre vem desacelerando o ritmo dos trabalhos. Por conta disto, está há cinco anos sem gravar nenhuma obra internacional. “Eu sonhava com isto, precisava me dedicar a minha família”. Mesmo assim, Alexandre diz que os fãs internacionais não vão ficar sem vê-lo, pois já está trabalhando na gravação de um novo CD com músicas em outros idiomas. “Eu tenho uma missão lá fora. Tenho que retribuir o carinho destes fãs”, diz o cantor, que para não ficar longe da família, levará todos juntos sempre que possível nos trabalhos, no Brasil e lá fora.

Alexandre se vangloria de um feito que poucos artistas conseguem. “Muitos tem que estar sempre na mídia, para não serem esquecidos. Outros já se consagraram e, mesmo depois de um tempo afastados, quando voltam, retornam como mesmo prestígio e carinho dos fãs. Graças a Deus consegui isto”, disse.

Herança

Alexandre também tem uma filha mais velha, Carol, 19 anos, que pelo visto, também vai seguir a carreira de cantora. Ela já demonstrou ao pai o interesse pela música desde cedo e está sendo influenciada por Alexandre a estudar todos os estilos e intérpretes, até que encontre o seu eixo. “ela já teve uma fase Beyoncé e Mariah Carey. Agora tá mais MPB, ouvindo Maria Gadú, Paula Fernandes. Mas eu já disse a ela que para trilhar a música, tem que estudar todos os artistas, ir a fundo em intérpretes como Maria bethânia, Elis Regina, muitas outras”, analisou.