enkontra.com
Fechar busca

+ Pop

A volta de uma voz ao disco

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Havia oito anos que Alison Moyet, uma das mais expressivas vozes da Inglaterra, não entrava em estúdio, desde o álbum Essex. Seu retorno dá-se com Hometime, primeiro trabalho pela Sanctuary. Alison surgiu no cenário musical em 1981, formando dupla com o tecladista do Depeche Mode, Vince Clarke. Depois, eles seguiram carreira-solo e ela acabou ficando sem gravar desde 1994, após muito sucesso.

“Hometime significa para mim uma virada, um momento decisivo, é um retorno a mim mesma. Neste álbum eu quis provar para mim mesma que eu posso cantar”, diz.

O disco foi produzido pelo grupo The Insects, conhecidos por seu trabalho com trilhas sonoras, com Massive Attack e Goldfrapp, além dos prêmios Emmy ganhos.

Hometime traz onze músicas inéditas, gravadas em 2001. O disco foi lançado na Europa em agosto de 2002, arrancando elogios da crítica e alcançando o disco de Platina na Inglaterra. Segundo a crítica, este é o álbum mais ambicioso de Alison. Todas as faixas foram compostas por ela em parceria com o guitarrista Pete Glenister.

“As músicas falam de relações humanas, mas não de relacionamentos entre homem e mulher, ou de sexo, mas sim de tédio, frustração, conhecimento, dúvida e esperança. Coisas que você enfrenta quando fica mais velho”, completa.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas