Rio – Em entrevista coletiva no Rio, ontem, o técnico Zico saiu em defesa do atacante Ronaldo, que foi criticado na segunda-feira pelo ex-jogador francês Platini. ?Isso é um desrespeito com Ronaldo por tudo o que ele já fez no futebol?, disse o treinador da seleção japonesa.

Na segunda, em entrevista ao canal de TV italiano Sky Sports, Platini deu a seguinte declaração: ?Creio que o Ronaldo de hoje tem muitos anos e muitos quilos. Não é o mesmo de antes.?

Mas Zico não gostou das críticas de Platini. ?Se estão falando que o Ronaldo tá gordo, manda para o Japão que o recebo de braços abertos?, afirmou o treinador, que irá enfrentar o Brasil na primeira fase da Copa da Alemanha. ?O Ronaldo é realmente um fenômeno, um dos atacantes mais decisivos do mundo?.

Briga

Sob a manchete ?Guerra civil no Madrid?, o diário esportivo catalão Sport publicou ontem que após a derrota por 1 a 0 para o Arsenal, pelas oitavas-de-final da Copa dos Campeões, os amigos Ronaldo e Guti se desentenderam a ponto de haver agressão no vestiário do Real Madrid.

Segundo o jornal, os demais jogadores se apressaram a separar os dois, mas Ronaldo teria tido tempo de dar um forte pontapé na coxa esquerda de Guti.

Depois dessa partida, coincidentemente, Guti não enfrentou o Mallorca pelo Campeonato Espanhol, na derrota por 2 a 1, e nem jogou pela seleção espanhola contra a Costa do Marfim, na vitória por 3 a 2, em Valladolid, por estar com uma lesão na coxa esquerda.

Já Ronaldo foi criticado por Raul e poupado sábado, no clássico contra o Atlético de Madrid. Houve ainda a demissão do ex-presidente Florentino Perez.

Portas abertas

O primeiro-ministro italiano e acionista do Milan, Silvio Berlusconi, declarou ontem que as portas de seu clube estão abertas para receber o Fenômeno. ?Quem não gostaria de tê-lo? Apesar de o Milan contar com quatro excelentes atacantes, qual a equipe que se negaria a ter Ronaldo??, comentou Berlusconi em entrevista a um canal de televisão da Itália.