Recuperados de problemas físicos, o meia Zé Roberto e o atacante Vargas treinaram normalmente neste início de semana e a expectativa era de que ao menos ficassem no banco do Grêmio diante do Santos, na quarta-feira. Mas a lista de relacionados do técnico Renato Gaúcho surpreendeu e os jogadores ficarão de fora da partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena do Grêmio.

Os dois jogadores se contundiram na mesma partida, no dia 31 de julho, diante do Corinthians, no Pacaembu. Na ocasião, Zé Roberto deixou o campo no primeiro tempo com uma lesão muscular na coxa direita. Já Vargas foi substituído na etapa final por conta de um problema no tornozelo direito.

Como ficaram quase um mês sem atuar e somente nesta segunda voltaram a treinar com bola, Renato pode ter poupado ambos para que recuperem o ritmo de jogo. Com isso, eles devem voltar a ficar à disposição no sábado, quando o Grêmio recebe a Ponte Preta em Porto Alegre pela 17.ª rodada do Brasileirão.

O fato é que sem os jogadores o treinador mudou o esquema da equipe do 4-4-2 para o 3-5-2 e colecionou quatro vitórias consecutivas no campeonato brasileiro. A única derrota do período foi para o próprio Santos, por 1 a 0, no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil.

Agora o time gaúcho precisa ganhar por dois gols de diferença para avançar à próxima fase da competição. A formação atual pode parecer defensiva porque usa três volantes – Riveros, Souza e Ramiro -, mas como marcou dez gols em quatro jogos conta com todo o crédito do treinador e da torcida.