O técnico Zé Ricardo optou pelo mistério na véspera da esperada estreia do Flamengo na Libertadores. Nesta terça-feira, o treinador aproveitou o treino de reconhecimento do gramado no Maracanã para fechar a atividade à imprensa e não dar pistas da escalação que entrará em campo contra o San Lorenzo, na quarta.

“Temos algumas avaliações para fazer ainda, mas não devo ter grandes mudanças. O que aconteceu na última partida ficou para trás. Os atletas são experientes. Nesses dois dias que passaram, eles perceberam que podemos melhorar para buscar uma grande atuação e a vitória”, ele declarou após o trabalho.

De acordo com a assessoria do clube, foi realizado um treino tático no gramado do Maracanã. Nos últimos dias, falou-se muito sobre a possibilidade de mudanças na equipe por conta do rendimento abaixo do esperado, principalmente do setor defensivo, na derrota por 3 a 2 para o Fluminense, na decisão da Taça Guanabara. Mas Zé Ricardo afastou a possibilidade e tratou a atuação de domingo como um fato isolado.

“Dificilmente teremos um primeiro tempo tão estranho como tivemos domingo). Uma coisa que marcava a equipe era um equilíbrio defensivo. Conversamos bastante, eles são inteligentes. Sem dúvida, o San Lorenzo acompanhou o jogo domingo”, disse o treinador.

Zé Ricardo garantiu que o trabalho desta terça serviu mesmo para reconhecer o gramado do Maracanã, tão castigado desde o ano passado. “O gramado não está 100%, nem poderia. Mas pelo o que viram há 20 dias, está em boas condições para a prática do jogo. Esperamos que isso não decida qualidade ou não da partida.”

Diante do posicionamento do treinador, o Flamengo deve entrar em campo com a mesma escalação que vem atuando, com: Muralha;, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Romulo, Willian Arão, Éverton, Diego e Mancuello; Guerrero.