O zagueiro Vilson dificilmente deve continuar no Palmeiras. O seu contrato com o clube termina no próximo dia 31 (terça-feira) e, segundo o empresário do atleta, Tiago Faria, as negociações com a diretoria palmeirense estão paradas. Com isso, a tendência é a de que o jogador se transfira para um dos três clubes que já fizeram sondagem visando a sua possível contratação.

“Tentamos reduzir em 50% o salário, as luvas e a opção de compra do Palmeiras pelo Vilson, que era de R$ 2 milhões. Mas a proposta que veio deles (dirigentes) foi muito baixa”, disse o agente.

Vilson chegou ao Palmeiras em 2013 no pacote oferecido pelo Grêmio para a contratação do atacante Hernán Barcos. O zagueiro virou titular do técnico Gilson Kleina e formou ao lado de Henrique a defesa do time que conquistou a Série B do Campeonato Brasileiro.

O empresário disse que, por faltarem poucos dias para o fim do contrato, é praticamente impossível o Palmeiras conseguir finalizar uma nova proposta. A vontade do jogador de 24 anos era permanecer no clube, mas o seu destino deverá ser outro. No fim de agosto, o clube chegou a acertar a negociação do atleta com o Stuttgart, da Alemanha, porém a contratação não deu certo e ele retornou ao Brasil.