enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Zaga do Paraná Clube vacila e volta a tomar um gol

Para jogador, a falta de comunicação fez com que isso acontecesse

  • Por Luiz Ferraz

Depois de quatro jogos sem sofrer gols, a defesa paranista voltou a ser vazada no empate por 1×1 contra o Joinville. O lance do gol do time catarinense, na reta final do 2.º tempo, que decretou a igualdade, gerou uma discussão acalorada entre o goleiro Luís Carlos e o zagueiro Brinner. Para o defensor do Tricolor, a falta de comunicação fez com que o Paraná tomasse o gol.

“Foi um resultado ruim. Estávamos ganhando o jogo e uma desatenção nos custou esse empate dentro de casa. Faltou comunicação dele (Luís Carlos). Se ele sai gritando eu iria proteger e ele pegava a bola. Minha função é tirar a bola. Foi o que eu fiz e na sobra os caras fizeram o gol de empate. Temos que trabalhar forte para no sábado, contra o Palmeiras, fazermos uma boa partida”, resumiu Brinner.

O volante Ricardo Conceição considerou o gol do Joinville uma fatalidade e admitiu a queda de rendimento no 2.º tempo. “Não é o resultado que a gente esperou. O gol deles foi uma fatalidade. Não tem como em um campeonato longo jogar todos os tempos da mesma forma. As vezes a gente cai um pouco de produção. Mas agora, vamos manter a pegada para vencer fora de casa”, concluiu.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas