O pugilista Yamaguchi Falcão venceu nesta quarta-feira o cubano Julio Cesar la Cruz Peraza, atual campeão mundial dos meio-médios (até 81kg), por 18 a 15, pelas quartas de final desta categoria, e garantiu mais uma medalha para o Brasil neste esporte nos Jogos Olímpicos de Londres.

<Noticias Relacionadas>

Como os perdedores das semifinais não disputam o terceiro lugar, Yamaguchi conseguiu ao menos o bronze. Ele vai voltar ao ringue – desta vez para tentar se classificar para a final – na próxima sexta-feira, para enfrentar o russo Egor Mekhontcev.

Com o feito de hoje, Yamaguchi é o segundo membro de sua família a conseguir uma medalha olímpica. Seu irmão, Esquiva Falcão, também está garantido nas semifinais de sua categoria (até 75kg) nos Jogos de Londres, e já garantiu o bronze.

Os dois brasileiros repetiram o feito dos americanos Leon e Michael Spinks, irmãos que subiram ao pódio no boxe em Montreal 1976. Naquela ocasião, ambos acabaram com o ouro.

Quem conseguiu a primeira medalha do Brasil no boxe nas Olimpíadas de Londres foi Adriana Araújo. Nesta quarta, ela ficou com o bronze ao perder nas semifinais da categoria até 60kg para a russa Sofya Ochigava.

Antes das três medalhas desta edição, a melhor campanha do país no boxe em Jogos Olímpicos havia sido em 1968, na Cidade do México, com o bronze de Servílio de Oliveira.