A dinamarquesa Caroline Wozniacki vai disputar pela primeira vez na carreira a decisão do Torneio de Miami. Nesta quinta-feira, a número 14 do mundo garantiu a sua classificação ao superar a checa Karolina Pliskova, a terceira colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/1 e 6/1, em 2 horas e 16 minutos.

Na decisão do Torneio de Miami, marcada para o próximo sábado, Wozniacki terá pela frente a vencedora do duelo entre a britânica Johanna Konta e a norte-americana Venus Williams, previsto para ser disputado às 22 horas (de Brasília) deste sábado.

Wozniacki, que joga o evento em Miami pela décima vez na sua carreira, parecia mais em forma para suportar o calor. Ela desperdiçou três set points na primeira parcial, em que acabou sendo batida por 7/5, mas depois não correu mais riscos.

A dinamarquesa venceu 62 dos 104 pontos disputados nos últimos dois sets, mostrando não ter sentido o revés da primeira parcial. Ela já começou o segundo set abrindo 3/0, não permitindo mais que Pliskova se recuperasse.

Com a vitória, a ex-número 1 do mundo atingiu a marca de US$ 23 milhões (aproximadamente R$ 72 milhões) ganhos em premiações durante a sua carreira. E um triunfo na decisão de domingo deverá colocá-la na oitava posição no ranking da WTA.

O jogo foi uma revanche da decisão do Torneio de Doha no início do ano, vencida por Pliskova em sets diretos. E o resultado garantiu a Wozniacki a classificação para a sua terceira final em 2017, sendo que ela não venceu nenhuma. Agora, ela tentará encerrar esse jejum e faturar o 26º título da sua carreira.