A dinamarquesa Caroline Wozniacki mostrou muita garra nesta segunda-feira para buscar a virada sobre a russa Svetlana Kuznetsova. Depois de perder o primeiro set, ela venceu com dois triunfos no tie-break, ganhando por 2 sets a 1, parciais de 2/6, 7/6 (7/5) e 7/6 (7/3). A vitória garantiu Wozniacki nas quartas de final do US Open.

Em 2h23 de jogo, Wozniacki errou bem menos, com 25 erros não forçados, contra 63 da rival. Em compensação, Kuznetsova foi amplamente superior nas trocas de bola, conquistando 59 winners, enquanto a dinamarquesa só conseguiu 16. No primeiro set, a russa não teve dificuldade para impor seu jogo e quebrar por três vezes o saque da adversária.

A partir do segundo set, porém, o jogo mudou de figura. Determinada, Wozniacki equilibrou a partida e vendia caro cada ponto perdido. Assim como aconteceria depois no terceiro set, cada tenista conseguiu duas quebras e a definição foi para o tie-break. Em ambos os momentos decisivos das parciais, a nona cabeça de chave foi melhor que a sexta favorita em Nova York.

Nas quartas, Wozniacki terá a dura missão de parar a embalada Melanie Oudin. Até agora, a tenista norte-americana, de apenas 17 anos, já eliminou quatro tenistas da Rússia, entre elas a número 4 do mundo Elena Dementieva e a musa Maria Sharapova.