O Werder Bremen confirmou oficialmente nesta quinta-feira que o volante Wesley está liberado para assinar contrato com o Palmeiras. A confirmação veio depois de o clube paulista desistir de esperar pela arrecadação, por meio de campanha junto aos seus torcedores, dos mais de R$ 21 milhões que se propôs para contratar o jogador. Como a iniciativa vem sendo um fiasco, a diretoria palmeirense já autorizou o pagamento da primeira parcela de dois milhões de euros, de um total de seis milhões, pedidos pelo time alemão.

Por meio de nota publicada em seu site oficial, o Werder Bremen festejou o sucesso da negociação entre as duas partes. “Todas as garantias bancárias necessárias para segurança da transferência foram recebidas pelo Werder Bremen”, afirmou Klaus Allofs, gerente de futebol do clube alemão. “Embora o processo viesse se arrastando, nós sempre estivemos confiantes e em constante contato com os dirigentes do Palmeiras. Os acordos e os prazos foram todos cumpridos”, completou.

Apesar de ainda não ter assinado contrato com o Palmeiras, Wesley já vinha treinando no clube. Na última quarta-feira, por sinal, pela primeira vez ele entrou em campo ao lado de todo o elenco palmeirense para iniciar uma atividade em um dos campos da Academia de Futebol.

Sem expectativa de conseguir o valor fixado de R$ 21.377.300 para trazer o volante por meio de campanha junto aos seus torcedores, o Palmeiras conta com a entrada de dinheiro através de pelo menos outras duas fontes. Dos seis milhões de euros (cerca de R$ 13,8 milhões) ao total pedidos pelo Werder Bremen, dois viriam do banco BMG, como forma de antecipação de pagamento por venda futura de atletas que hoje pertencem ao clube. Já os outros 4 milhões sairão da verba paga pela empresa que ganhou os direitos de explorar a franquia das futuras lojas oficiais do Palmeiras pelos próximos anos.

Para completar, o clube ainda conta com uma carta fiança, conseguida junto ao Banco do Brasil, por intermédio do ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, que assegura o pagamento da transferência de Wesley ao Werder Bremen. Por meio da campanha na internet www.werleynoverdao.com.br, até esta manhã de quinta-feira o clube havia arrecadado apenas R$ 473.800 junto aos seus torcedores, sendo que restariam apenas 17 dias para o prazo final determinado para atingir o montante de R$ 21.377.300. Esta quantia estipulada já previa o pagamento de impostos e outros valores necessários para a concretização da transação.