Ao concluir os trâmites burocráticos, a Chapecoense apresentou mais dois reforços nesta terça-feira. Tanto o atacante Wellington Paulista quanto o lateral-direito João Pedro já estavam treinando em Chapecó (SC) e aguardavam a oficialização da contratação para vestirem oficialmente a camisa do clube.

Aos 32 anos, Wellington Paulista tem seus direitos federativos presos ao Fluminense e foi emprestado à Chapecoense. Ele disputou o Brasileirão do ano passado pela Ponte Preta, onde não conseguiu se firmar, sendo reserva de William Potker. O atacante, que se destacou no Cruzeiro, também jogou no Coritiba, no Inter, no Palmeiras e no Criciúma.

Na Chapecoense, ele deve disputar posição com Tulio de Melo, outro atacante veterano, que chegou depois de passar pelo Sport. Tulio, porém, ainda não teve sua contratação confirmada pela diretoria.

Já o outro reforço apresentado nesta terça-feira é o jovem João Pedro, de 20 anos. O atleta pertence ao Palmeiras e, na campanha do título brasileiro, atuou em somente uma partida. Ele chega a Chapecó num pacote que também tem o zagueiro Nathan e o volante Amaral.

A Chapecoense já treina com 22 reforços. Por enquanto, apresentou os seguintes jogadores: o goleiro Elias, os laterais-direitos Zeballos e João Pedro, os zagueiros Douglas Grolli e Luiz Otávio, o lateral-esquerdo Reinaldo, os volantes Andrei Girotto, Moisés e Amaral, os meias Nadson e Dodô e os atacantes Niltinho, Rossi, Wellington Paulista e Osman.

Também já chegaram o goleiro Artur Moraes (ex-Roma e Benfica), os zagueiros Fabricio Bruno (do Cruzeiro) e Nathan (do Palmeiras), o volante Lucas Marques (do Inter) o lateral-esquerdo Diego Renan (ex-Cruzeiro) e o atacante Túlio de Melo (ex-Sport).

Os meias Neném e Martinuccio e o volante Moisés Ribeiro são os únicos remanescentes do elenco de 2016, enquanto o volante Luiz Antônio, do Flamengo, deve ser o próximo a ser contratado.