Stanislas Wawrinka confirmou a boa fase no saibro europeu nesta sexta-feira ao vencer o francês Jo-Wilfried Tsonga e avançar às semifinais do Masters 1000 de Madri. O suíço dominou a partida e teve boas chances para fechar o jogo no segundo set. Após desperdiçar dois match points, acabou selando a vitória somente na terceira parcial, pelo placar de 6/2, 6/7 (9/11) e 6/4, em quase duas horas de partida.

A vitória teve sabor de vingança para Wawrinka. Há três semanas, ele havia sido eliminado pelo mesmo Tsonga e também nas quartas de final, no Masters de Montecarlo. O suíço já vinha mostrando bom desempenho no saibro, com uma boa vitória sobre Andy Murray, nas oitavas.

Após ser eliminado por Tsonga, Wawrinka faturou o título do Torneio de Oeiras, em Portugal, com uma grande vitória sobre David Ferrer, atual número quatro do mundo e especialista em saibro. Em Madri, foi o responsável pela queda do búlgaro Grigor Dimitrov, uma das sensações da temporada e algoz do número Novak Djokovic na capital espanhola.

Em busca de sua terceira final na temporada, Wawrinka terá pela frente o checo Tomas Berdych, que eliminou Andy Murray nesta sexta. O checo é o atual vice-campeão do torneio. A outra semifinal vai reunir os espanhóis Rafael Nadal e Pablo Andújar.