Dois principais cabeças de chave do Torneio de Tóquio, Stan Wawrinka e Kei Nishikori asseguraram classificação às semifinais do ATP 500 japonês realizado em quadras duras ao vencerem seus jogos desta sexta-feira. Primeiro na lista de favoritos, o tenista suíço precisou de apenas 58 minutos para bater o norte-americano Austin Krajicek por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4. Já o japonês, atual campeão da competição, avançou ao superar o croata Marin Cilic por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 7/5 e 6/3.

Com o triunfo obtido com facilidade, Wawrinka se credenciou para enfrentar nas semifinais deste sábado o luxemburguês Gilles Muller, que nas quartas de final eliminou o francês Gilles Simon com parciais de 6/3 e 6/4. Nishikori, por sua vez, terá pela frente o francês Benoit Paire, que em outro jogo do dia também precisou ganhar de virada para ir às semifinais. Ele passou pelo australiano Nick Kyrgios por 3/6, 6/4 e 6/1.

Atual campeão de Roland Garros e dono de três títulos nesta temporada, Wawrinka não teve maiores problemas para confirmar a sua condição de atual quarto colocado do ranking mundial nesta sexta. Atuando diante de um rival que veio do qualifying em Tóquio e hoje é o 124º tenista do mundo, o suíço confirmou todos os seus saques na partida e converteu um break point em cada set para fechar o duelo rapidamente.

Já Nishikori, sexto colocado do ranking mundial, teve muitas dificuldades para confirmar favoritismo diante de do atual 14º colocado da ATP, que no ano passado superou o japonês na surpreendente decisão do US Open. E desta vez o atual campeão do Torneio de Tóquio viu Cilic aproveitar uma de duas chances de quebrar o seu saque e, sem conseguir converter nenhum de três break points, foi superado por 6/3.

Apoiado pela torcida local, porém, Nishikori iniciou sua reação no segundo set, no qual conquistou uma quebra de saque e não teve o serviço ameaçado por nenhuma vez para fazer 7/5 e empatar a partida. Já na terceira parcial, mais uma vez com uma quebra de saque e confirmando todos os serviços, o japonês liquidou o jogo em 6/3.