Douglas Coutinho saiu do banco de reservas para dar a vitória ao Fantasma. Foto: Reprodução/DAZN

No segundo jogo do Campeonato Paranaense após 125 dias parado por causa da pandemia do Coronavírus, o Operário venceu o Cianorte por 1×0, na tarde desse sábado (18), no estádio Albino Turbay. O gol dos visitantes foi marcado por Douglas Coutinho, aos 26 do segundo tempo.

O jogo de volta ocorre no meio da semana, em Ponta Grossa, mas ainda não foi homologado pela Federação Paranaense de Futebol. O Fantasma joga pelo empate. Vitória do Leão por um gol de diferença leva a classificação para os pênaltis.

Desde o início a partida de mostrou bastante disputada, mas com as equipes sentindo a falta de ritmo de jogo. Tanto que com menos de um minuto, o meia Rafael Chorão, do time ponta-grossense, precisou sair, com dores musculares.

Sem grandes lances técnicos, com uma finalização apenas para cada lado, o primeiro tempo se desenvolveu com o Operário tendo mais eficiência no ataque, exigindo uma boa defesa do goleiro do Cianorte.

Vale a pena destacar que um dia antes do duelo contra o Leão do Vale, o Fantasma divulgou que o técnico Gerson Gusmão e o supervisor Tiago Alencar testaram positivo para coronavírus. Por isso o treinador não pode estar ao lado do campo.

No segundo tempo o jogo continuou sem grandes emoções, com o Operário se defendendo mais, apostando no jogo de volta em Ponta Grossa, e tentando surpreender em um contra-ataque.

Até que, aos 26, aproveitando-se de uma marcação errada na cobrança de escanteio, Douglas Coutinho apareceu livre para tocar para o fundo da rede. Artilheiro da equipe no Estadual, o jogador entrou durante o segundo tempo.

Lance do gol da partida. Foto: Reprodução/DAZN

O Cianorte tentou reagir antes do fim, mas sem efetividade. Nos acréscimos, Rafael Bonfim quase marcou contra, mas o goleiro Rodrigo Viana fez grande defesa.

Confira o gol da partida:

FICHA TÉCNICA

CAMPEONATO PARANAENSE
Quartas de final – Jogo de volta

CIANORTE 0x1 OPERÁRIO

Cianorte
Bruno; Weriton, Eduaro Doma, Maurício e Prego; Gercimar, Everton Bala (Pelezinho), Zé Vitor (Lucas Coelho) e Buba; Lucão e França.
Técnico João Burse.

Operário
Rodrigo Viana; Sávio, Rafael Bonfim, Sosa e Peixoto; Jardel, Jimenez, Rafael Chorão (Tomás Bastos) e Julinho (Douglas Coutinho); Lucas Batatinha (Alemão) e Schumacher.
Técnico: Diego Albrecht

Local: Estádio Albino Turbay (Cianorte)
Árbitro: Leonardo Sigari Zanon
Assistentes: João Fábio Brischilari e Jefferson Piva da Silva
Gols: Douglas Coutinho, 25 do 2º
Cartões amarelos: Jardel, Jimenez, Schumacher (OPE)


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?