Brasília (AG) – Na primeira partida em solo nacional após a conquista do ouro olímpico, a seleção brasileira masculina de vôlei não decepcionou a torcida que lotou o ginásio Nilson Nélson, em Brasília. Derrotou Portugal por 3 sets a 1 (26/24, 25/23, 20/25 e 25/18), na manhã de ontem.

Com o resultado, o Brasil voltou a ocupar a liderança isolada do Grupo A da Liga Mundial, com seis vitórias em sete jogos. Portugal tem cinco vitórias e duas derrotas. As duas seleções voltam a se enfrentar hoje, às 10h, com transmissão ao vivo da TV Globo.

O Brasil não começou bem o jogo. Mesmo contando com a volta dos atacantes Giba e Gustavo, recuperados de problemas médicos, a seleção cometia muitos erros de saque, permitindo que Portugal dominasse a partida nos primeiros pontos. O primeiro set parecia perdido quando os portugueses chegaram a 24 a 20. Porém, Anderson, que tinha entrado pouco antes, foi para o saque e teve efeito devastador. Com a pontaria precisa, desestabilizou o passe português. A seleção brasileira, de forma incrível, marcou seis pontos seguidos e fechou a parcial num bloqueio de Rodrigão.

Ainda com a adrenalina da virada nas veias, a seleção barsileira começou o segundo set desatenta. Portugal voltou a ficar em vantagem no placar e assim foi até o segundo tempo técnico, quando os portugueses chegaram a ter 16 a 13. Então, dois bloqueios consecutivos de Giba incendiaram de novo o Brasil. O time virou o placar e, beneficiando-se de erros do adversário, ganhou por 25 a 23.

No terceiro set, o feitiço virou contra o feiticeiro. Ao contrário do que houve nas outras parciais, o Brasil esteve na frente a maior parte do tempo. No fim, porém, cometeu erros que entregaram a parcial para os portugueses.

A bobeada fez com que a seleção acordasse. Com o bloqueio muito eficiente, o Brasil fez do quarto set o mais tranqüilo da partida. Num erro de levantamento de Portugal, a partida acabou.