Os dois últimos resultados na Série B – o empate por 1 x 1 contra o Ceará e a vitória sobre o Bragantino ontem – mudaram totalmente o ambiente no Paraná Clube. Após os tropeços que tiraram a equipe do G4, as boas atuações e os resultados, que recolocaram o Tricolor entre os quatro melhores, também recuperaram a confiança dos jogadores. “Se fizermos o que fizemos aqui hoje e contra o Ceará, com certeza vamos subir. Estamos com raça e com certeza vai dar tudo certo”, disse o lateral-direito Rodrigo.

Até mesmo fora de campo essa confiança voltou. Durante toda a partida contra o clube paulista, os quase nove mil torcedores que foram à Vila Capanema apoiaram a equipe e no final, os gritos de “eu acredito”, em relação ao acesso, tomaram conta do estádio. “Fazia quatro partidas que não ganhávamos, mas a torcida, a comissão técnica, a diretoria, todo mundo acredita na gente e conseguimos uma vitória importante”, destacou o volante Moacir.

Para o zagueiro Alex Alves, o apoio vindo das arquibancadas é reflexo da entrega do elenco paranista no campo. Segundo ele, nesta reta final da Série B, a raça dos jogadores pode ser o diferencial nesta briga para voltar à Série A do Brasileirão. “Chegou a uma altura do campeonato que a técnica e a qualidade vão contar, mas a raça vai valer ainda mais. Queremos subir e temos que lutar até o fim”, afirmou o defensor.

Por fim, o meio-campo Lúcio Flávio avaliou que este jogo pode ser uma virada paranista na competição, “É um jogo que retomamos a vitória. Vamos caminhar juntos nesta reta final para chegarmos ao objetivo de todos”, completou.