Ilhas Fiji, Tahiti – Victor Ribas começou bem o WCT de Fiji, no Tahiti. Ontem, o cabo-friense mandou o hexacampeão mundial e atual vice-líder do WCT 2004, Kelly Slater, para a repescagem na nona bateria do dia em ondas de 1,5 metro de altura em Cloudbreak, na Ilha de Tavarua. Com isso, classificou-se para a terceira fase da competição.

O americano abriu a bateria com uma nota 6, enquanto Vitinho cravou um 7,33 assumindo a liderança logo a seguir. Quando faltavam apenas quatro minutos para o fim, Slater recuperou a liderança com uma nota 6,33. Porém, Ribas, que precisava de 5 pontos para vencer, arrancou uma nota 5,13 contra 5,70 do hexacampeão e 2,37 de Tom Carroll, que também participou. No final, o cabo-friense venceu Slater por 12,46 a 12,33 pontos.

Outros brasileiros também foram bem e venceram sua, baterias. O paranaense Peterson Rosa passou pelo californiano Taylor Knox, enquanto o potiguar Marcelo Nunes venceu o também americano Pat OConnell no penúltimo confronto da primeira fase classificatória.

Neco Padaratz (SC) e Raoni Monteiro (RJ) terão que disputar a repescagem contra Michael Campbell e Guilherme Herdy, respectivamente. Os dois não disputaram as baterias já que ainda não haviam chegado em Fiji.

Com o w.o de Neco, a estréia do Brasil em Fiji foi com o paranaense Peterson Rosa na sétima bateria. O vencedor das triagens Dane Reynolds começou forte com um 8,5 em sua primeira onda. O brasileiro entrou na briga ao receber nota 7,5 em sua terceira apresentação e garantiu a vitória com uma nota 7,0 em sua última onda, mandando dois americanos para a repescagem. O cabeça-de-chave Taylor Knox não conseguiu acompanhar o ritmo e terminou em último lugar.