Debaixo de uma chuva fina, frio e com o estádio Serra Dourada, em Goiânia, praticamente vazio, o Vila Nova deu mais um passo para voltar à Série C em 2012. Apenas empatou com o Barueri por 2 a 2, nesta sexta-feira, na abertura da 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Há sete jogos sem vencer, continua em 18.º lugar, agora com 30 pontos. O time paulista se recuperou em parte da derrota para o São Caetano e, com 44 pontos, aparece em 11.º.

Desacreditado por sua torcida, o time goiano demonstrou muita apatia nos primeiros minutos. O visitante se aproveitou disso e abriu o placar aos 25 minutos, com Léo Gamalho. Após o cruzamento da direita, o atacante matou a bola no peito entre dois zagueiros e bateu de virada. Um belo gol.

Em todo primeiro tempo, o Vila Nova chutou apenas uma vez no gol adversário – de longe, com Túlio Souza. Muito pouco. Na volta para a etapa final, o técnico Roberto Cavalo arriscou abrir mão do volante Juninho para a entrada do atacante Leandro Cearense. O time até ganhou espaço no ataque, mas encontrou o Barueri bem postado, evitando as finalizações e as infiltrações. Em um lance ocasional, porém, empatou, aos 12 minutos. Após o cruzamento na área, a defesa não aliviou e depois de duas tentativas o experiente Roni encheu o pé e deixou tudo igual.

Muito atrás, o Barueri perdeu a opção de contragolpe e deu sorte ao não sofrer a virada aos 29 minutos. Roni perdeu um pênalti, chutando relativamente bem, mas o goleiro Juninho espalmou. Depois disso, Roberto Cavalo arriscou tudo ao tirar outro volante, Túlio Souza, para a entrada de Wando, outro atacante.

Apesar da pressão do Vila Nova, quem fez o segundo gol foi o Barueri. Após cobrança de escanteio, aos 36 minutos, o zagueiro Edson Borges subiu sozinho e testou firme no canto do goleiro Michel Alves. Quando parecia tudo definido, o time goiano empatou de novo, aos 44. David pegou a bola na frente da área e soltou a bomba.

O Barueri já volta a campo na próxima terça, abrindo a 33.ª rodada, de novo fora de casa diante do Guarani, em Campinas. O Vila Nova vai enfrentar o Salgueiro, na próxima sexta, em Pernambuco.

Ficha técnica

Vila Nova 2 x 2 Barueri

Vila Nova – Michel Alves; Victor Ferraz, Gabriel, Benhur e John Lennon; Juninho (Jô), Ricardinho, Túlio Souza (Vando) e David; Roni e Betinho (Leandro Cearense). Técnico: Roberto Cavalo.

Barueri – Juninho; Alisson (Alex Lima), Rodrigo Arroz, Edson Borges e Guto; Alê, Anselmo, Ademir Sopa e Saldanha (Marcelinho); Geovanni Augusto (Zé Carlos) e Léo Gamalho. Técnico: René Simões.

Gols – Léo Gamalho, aos 25 minutos do primeiro tempo; Roni, aos 12, Edson Borges, aos 36, e David, aos 44 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Roni e Jô (Vila Nova); Alisson, Edson Borges, Alex Lima e Ademir Sopa (Barueri).

Árbitro – Francisco Leone de Oliveira (TO).

Renda – R$ 2.715,00.

Público – 276 pagantes.

Local – Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).