Após 11 dias de agonia, morreu nesta quinta-feira Emanuel Ortega, vítima de uma fratura no crânio após se chocar contra um muro durante uma partida da quarta divisão do futebol argentino. O lateral-direito do San Marín de Burzaco tinha 21 anos.

Ao confirmar a morte de Emanuel Ortega, a Associação de Futebol Argentino (AFA) anunciou a suspensão de todos os jogos agendados para o fim de semana no país. “Entendo que é o mínimo que podemos fazer”, destacou Luis Segura, o presidente da AFA.

Ortega fraturou o crânio em 3 de maio, quando, durante o primeiro tempo, disputava uma bola e foi empurrado por um adversário, se chocando contra a base do muro que sustenta o alambrado do estádio do seu clube, o San Martín de Burzaco, no duelo contra o Juventud Unida, pela quarta divisão da Argentina.

Segura declarou que a morte de Ortega causou “grande tristeza e consternação. As pessoas da divisional estão chocadas e doloridas, como as das demais categorias. Infelizmente, o fato é irreversível, não há solução e esta é uma manifestação inevitável”.

O Banfield, clube da primeira divisão e proprietário dos direitos do jogador, expressou “sua dor e tristeza pela morte de Emanuel Ortega. Nossas condolências à família e aos amigos. Descanse em paz”.