O Paraná Clube tem pela frente sua primeira decisão no caminho de retorno à elite do futebol paranaense. Uma vitória sobre o Cincão hoje, às 20h10, na Vila Capanema, vale o título do 1.º turno da Segundona e, na pior das hipóteses, uma vaga nas semifinais da competição. Nesta “via crucis”, o time de Ricardinho cumpre o décimo jogo em apenas 24 dias. Uma prova de fogo para um elenco em formação e que ainda não está completo.

Enquanto o gerente de futebol Alex Brasil negocia pelo menos mais dois reforços – de olho na Série B do Brasileirão -, a comissão técnica vai moldando a equipe ideal, alternando jogadores de acordo com o calendário. Até aqui, sempre que entrou em campo num intervalo inferior a três dias, o técnico Ricardinho lançou mão de uma equipe teoricamente reserva. Deve ser o caso do jogo desta noite, onde o Paraná Clube poderá ter uma novidade: a estreia do volante Zé Luís.

Campeão brasileiro pelo São Paulo e com passagens por outros grandes clubes do futebol brasileiro, o jogador de 33 anos chegou por indicação direta de Ricardinho. Foram companheiros no Atlético-MG e o treinador vê no volante um líder nato. Na prática, Zé Luís pode ser aquele jogador para dar estabilidade emocional à equipe, que ainda apresenta momentos de grande oscilação, tanto no Paranaense quanto na Série B.

Um quadro muito claro quando se observa a forma como o Paraná levou gols nas partidas recentes, muitas vezes por falta de malícia de alguns jogadores. “É uma questão que temos que corrigir. Não podemos dar tantos espaços para os adversários. É algo que a gente vem trabalhando diariamente. Se não houver uma evolução, aí a gente pensa em mudança”, analisou Ricardinho, logo após a vitória sobre o Grecal, onde o Tricolor só “se achou” no segundo tempo.

No jogo desta noite, Amarildo – que já entrou bem contra o time de Campo Largo -deve ser mantido na zaga. Em meio às previsíveis mudanças, destaque para o ala Lisa, que deve aparecer na direita, agora de contrato renovado. O jogador assinou novo vínculo com o Tricolor, até o fim do ano.

O título antecipado permitirá ao Paraná dedicar as próximas semanas exclusivamente à Série B, já que antes de estrear no returno da Segundona, o Tricolor fará cinco jogos pela competição nacional -América-MG, Bragantino, Goiás, Guaratinguetá e Barueri.