A troca de nome de animais que participaram da penca está provocando muita discussão. Conforme noticiamos, em publicação oficial, no Jornal do Turfe, a diretoria da Associação de Criadores e Proprietários de Cavalos de Corridas do Paraná confirmou o resultado do Grande Prêmio Turfe Paranaense, com a vitória de Pedra de Ouro, que correu com o nome de Edu Bala, também de propriedade do Haras Belmont, mas na manhã de sábado pessoas credenciadas nos informaram que houve desclassificação e, desta forma, Hantaro, que perdeu a seletiva para Edu Bala, e Gol de Letra, que perdeu a final, foram declarados vendedores do Turfe Paranaense.

Desejamos esclarecer, porém, que a troca de nomes dos dois potros ocorreu por uma falha de identificação quando chegaram ao Tarumã, depois de adquiridos pelo Haras Belmont em leilão e, desta forma, nenhuma culpa cabe aos titulares do conceituado Haras Belmont, que na verdade foram os grandes prejudicados neste lamentável acontecimento.