A Volvo Ocean Race, regata de volta ao mundo em barco à vela, registrou mais um perigoso momento em alto mar. Desta vez o barco da equipe Camperm um dos seis que fazem a rota de Miami para Lisboa na sétima etapa da competição, teve que fazer uma manobra arriscada neste terça-feira para não se chocar com uma baleia.

A decisão de desviar teve que ser feita em questão de segundos e colocou à prova os reflexos da tripulação do barco, especialmente do velejador Roberto “Chuny’ Mermúdezm, que salvou os seus colegas de um acidente em alta velocidade no Oceano Atlântico.