Com uma atuação muito fraca, o Vasco perdeu para o Olaria por 1 a 0, neste sábado, e pode terminar a rodada do fim de semana fora da zona de classificação para a semifinal da Taça Rio (segundo turno do Campeonato Carioca). Basta que o América vença neste domingo o Boavista, em casa, e o Botafogo não perca para o Flamengo no clássico do Engenhão. O jogo foi disputado em Volta Redonda e marcou a quebra de um tabu de 39 anos – a última vitória do Olaria sobre o Vasco tinha sido em 1971.

A torcida vascaína pediu com insistência durante a partida a demissão do técnico Vágner Mancini, que pode ser afastado até o início da próxima semana. Irritado, o público também vaiou intensamente o atacante Dodô, que só entrou no decorrer do segundo tempo. Aos gritos de “pipoqueiro” e ofensas ritmadas, os torcedores deixavam clara a insatisfação com Dodô por causa de sua apatia no jogo do domingo passado, em que ele perdeu dois pênaltis contra o Flamengo, que venceu por 1 a 0.

O Olaria foi sempre melhor e abriu o placar aos 12 minutos, com Cacá aproveitando passe de Amarildo. O Vasco esbarrou na maior parte do tempo na boa marcação adversária e nos erros de passe de seu time. No segundo tempo, Cacá fez outro gol, mas o árbitro o anulou equivocadamente. A bola já tinha cruzado a linha quando o goleiro Fernando Prass a interceptou. O técnico Dé, do Olaria, contrariado, deixou o gramado antes de partida terminar.

Em Nova Friburgo, o Bangu derrotou o Friburguense por 3 a 2 e subiu para a quarta colocação do Grupo A. Assim, segue com chances de classificação às semifinais da Taça Rio.

Ficha técnica

Olaria 1 x 0 Vasco

Olaria – Henrique; Ivan, Amarildo, Rafael e Vandinho; David, Romário, Thiago e Aleílson (Assumpção); Araruama e Cacá (Renato). Técnico: Dé.

Vasco – Fernando Prass; Gustavo (Souza), Fernando e Gian; Elder Granja, Paulinho (Giovane Maranhão), Rafael Carioca, Jéferson (Dodô) e Márcio Careca; Philippe Coutinho e Rafael Coelho. Técnico: Vágner Mancini.

Gol – Cacá, aos 12 minutos do primeiro tempo.

Cartão amarelo – Romário e Amarildo (Olaria); Gustavo, Philippe Coutinho, Fernando e Gian (Vasco).

Cartão vermelho – Souza (Vasco).

Árbitro – Antonio Frederico de Carvalho Schneider.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).