Correndo sério risco de ter que voltar à Série B do Campeonato Brasileiro – onde já esteve em 2009 -, o Vasco confia no apoio da torcida para conseguir se manter na elite da competição. Nesta terça-feira, a diretoria do clube deu início à venda de ingressos para a partida contra a campeão Cruzeiro, sábado, e confirmou promoção no preço das entradas.

Nesta terça a venda é exclusiva na internet. A partir de quarta-feira a comercialização acontece também nos postos de venda fixos, entre eles o Maracanã, o Estádio de São Januário e Sede Náutica da Lagoa.

Para lotar o Maracanã, a diretoria estipulou o ingresso a R$ 20 nos setores Norte e Sul (atrás dos gols) e R$ 40 no setor Leste. No Oeste, a cadeira inferior sai por R$ 60, enquanto a área mais nobre do estádio, denominada Maracanã Mais, custa R$ 120. Todos os sócios do clube têm direito a meia-entrada.

A expectativa do Vasco é de colocar 70 mil torcedores no Maracanã. Com 38 pontos, o clube cruzmaltino é apenas o 18.º colocado e, ainda que vença o Cruzeiro, não sai da zona de rebaixamento. Nas últimas três rodadas, precisa de três vitórias. Depois do time mineiro, encara o Náutico, provavelmente também no Maracanã, e fecha a competição fora de casa, diante do Atlético Paranaense, no Durival de Britto.

Nesta edição do Campeonato Brasileiro, o melhor público pagante do Vasco foi no Mané Garrincha, quando o clube reuniu 61.767 dividindo o estádio de Brasília com a torcida do Flamengo, em julho. Há duas semanas, 50.421 pessoas pagaram para ver o jogo contra o Santos, no Maracanã. Em São Januário, o melhor público foi de 14.820 pagantes.