enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Vasco e Fluminense decidem no Maracanã

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Vasco e Fluminense voltam a se enfrentar amanhã na segunda e decisiva partida da final do campeonato carioca. A equipe vascaína tem uma vantagem considerável depois de vencer por 2 a 1 o primeiro jogo e pode perder por até um gol de diferença. Nada está decidido, porém, como cansaram de dizer os jogadores e técnicos dos dois lados. Em São Januário ainda é clara a lembrança do vice de 2001 em que na mesma condição, o time acabou derrotado para o Flamengo por 3 a 1.

O clima no Vasco é de otimismo e alegria com pitadas providenciais de cautela. A equipe tem a melhor campanha da competição, um time bem arrumado e o craque do campeonato: Marcelinho Carioca. O apoiador desequilibrou mais uma vez na primeira partida da decisão e vive uma das melhores fases da carreira. “Estou muito feliz por jogar futebol e isso é o mais importante. É algo que me dá prazer.”

O meia ressalta, porém, que nada está definido e pede respeito ao Fluminense. Aliás, esse é o discurso mais ouvido em São Januário, que não quer mais saber de vice no Rio de Janeiro (o clube ficou em segundo em 1999, 2000 e 2001).

“Não ganhamos nada ainda. O Fluminense tem um grande time e pode nos surpreender”, disse o Pé de Anjo. “Não se pode relaxar. Nós já vimos esse filme em 2001. Vamos manter nossa característica ofensiva, quem entra para empatar, acaba perdendo”, completou o técnico Antônio Lopes.

O time deve ser o mesmo que iniciou o último jogo. O atacante Valdir deve voltar a ter condições de jogo, mas o técnico vascaíno deve manter Souza entre os titulares.

Do lado tricolor, a ordem é seguir acreditando. Todos reconhecem que a missão de vencer por dois gols o Vasco não é fácil, mas a palavra superação anda em moda nas Laranjeiras. Para isso, o técnico Renato Gaúcho resolveu até dar uma de psicólogo. Ele chega a demonstrar um otimismo exagerado. “Daremos a volta olímpica no domingo. Apesar da derrota, estamos com moral. Acredito muito na força e na união do meu grupo”, destacou Renato.

O treinador dá exemplos para justificar a confiança. “Contra a Ponte Preta, no brasileiro do ano passado, precisávamos vencer e perdíamos de 2 a 0. Fizemos três gols em praticamente 15 minutos e nos classificamos para a fase final”, relembrou.

Para animar ainda mais o treinador, o meia Carlos Alberto deverá estar 100% amanhã. O jogador entrou apenas no segundo tempo no último jogo porque estava cansado da viagem de volta da Malásia. Os dias de adaptação, porém, revitalizaram a revelação do campeonato. “Sei a responsabilidade. Vou buscar este título dando sangue. Não consigo me imaginar sem o título, pois sabemos que ele ainda está em nossas mãos, a nosso alcance”, comentou.

Carlos Alberto deve começar no lugar de Djair e o lateral-direito Jancarlos pode voltar ao time titular na vaga de Zada, que vinha sendo improvisado na posição.

Vasco x Fluminense

Local: Maracanã. Horário: 17h. Árbitro: Samir Yarak. Auxiliares: Francisco Victor Augusto e Elson Passos Senna Filho.

Vasco: Fábio, Russo, Alex, Wellington Paulo e Edinho; Rogério Corrêa, Bruno Lazaroni, Léo Lima e Marcelinho; Marques e Souza. Técnico: Antônio Lopes

Fluminense: Kléber, Jancarlos, César, Zé Carlos e Jadílson; Marcão, Marciel, Carlos Alberto e Alex Oliveira; Ademílson e Fábio Bala. Técnico: Renato Gaúcho.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas