Precisando de uma vitória em um dos três jogos finais das Eliminatórias sul-americanas para garantir matematicamente a vaga na Copa do Mundo de 2010, o Chile vai investir em sua força ofensiva já nesta quarta-feira, contra o Brasil, em Salvador, para assegurar o seu objetivo com duas rodadas de antecedência.

E, para conquistá-lo, o técnico Marcelo Bielsa deve apostar na entrada do meia Valdivia, ex-Palmeiras, na equipe titular contra o já classificado Brasil. Além disso, outro que pode ganhar chance no time chileno é o meia Millar, que, assim como Valdivia, entrou no segundo tempo do duelo contra a Venezuela, no último sábado, terminado empatado por 2 a 2 em Santiago.

Bielsa ressaltou a importância de sua seleção não ficar apenas se defendendo contra os brasileiros e, sim, de tomar a iniciativa de ir ao ataque, priorizando também a posse de bola durante o confronto. “Vamos tentar atacar mais do que defender e ter mais a bola do que correr atrás dela”, afirmou o treinador do Chile.

Pelo que realizou no último treinamento do Chile, Bielsa pretende deixar os meias Valdivia e Matias Fernández bem próximos dos atacantes Alexis Sánchez e Jean Beausejour, para impedir que fique um buraco entre os setores de meio-campo e ataque contra os brasileiros.

Além das prováveis mudanças, o zagueiro Ponce, que cumpriu suspensão na última partida, tem retorno garantido ao time titular do Chile nesta quarta-feira.