O meia Valdivia está perto de seu retorno ao time titular do Palmeiras. Nesta segunda-feira, na Academia de Futebol, o chileno realizou uma bateria de exercícios físicos e trabalhos com bola e não reclamou de dor muscular alguma. Sua presença no jogo contra o Atlético Mineiro, nesta quarta, no Pacaembu, pela rodada de volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, deverá ser confirmada após o treinamento desta terça.

Otávio Vilhena, médico do Palmeiras, afirmou que o meia vai treinar mais uma vez antes de ter sua escalação confirmada. “O Valdivia vai fazer tratamento ainda. Ele também vai treinar mais uma vez e aí amanhã (terça) a gente vai definir se ele joga ou não. Mas até agora tudo tem ido muito bem. E estamos trabalhando com cuidado porque não queremos que ele esteja bem apenas nesse jogo, mas sim até o final da temporada”.

No treinamento desta segunda, Valdivia fez de tudo em campo. Deu piques, aumentou e diminuiu a velocidade, girou em cima do próprio corpo tanto para a esquerda quanto para a direita e nada sentiu. E o chileno sorria a cada movimento feito sem dor.

Outro que treinou normalmente foi o meia Lincoln, que no começo do semestre ficou mais de 50 dias parado por conta de uma contratura no adutor da coxa direita. Poupado na partida contra o Guarani, no domingo, e nesta segunda participou da atividade ao lado de Valdivia apenas para fortalecer a musculatura.