O fraco desempenho em 2011, quando viu seu nome envolvido em diversas polêmicas, parece ter servido de lição para Valdivia. O meia chileno admitiu ter cometido alguns erros no ano passado, mas se comprometeu com o Palmeiras e garantiu que será “mais profissional” nesta temporada.

“Quero ser mais profissional, 100% profissional. Quero me esforçar mais, treinar mais. Ano passado, quando era para descansar, eu não descansava. Não comia, não jantava, e saía. Não é como se eu tivesse largado, mas tem hora que precisamos descansar, comer bem e treinar. E é essa a mudança. Agora, quando tenho que descansar, fico em casa”, declarou, nesta terça-feira, em entrevista à Rádio Estadão ESPN.

No meio desta mudança, no entanto, o jogador tem mais um obstáculo. Na partida diante do Santos, no último domingo, ele voltou a sentir uma lesão muscular, desta vez na coxa direita, que o deixará afastado dos gramados por 15 dias. Mesmo assim, Valdivia não desanimou e prometeu cumprir todas as instruções da comissão técnica.

“Eu voltei bem das férias, fiz tudo certo. Aí vem uma lesão de novo e me tira dos treinos. É isso que me atrapalha. Tudo que fiz nas ferias era para jogar direto, encaixar uma sequencia. Mas machuquei de novo, uma lesão nova. Vou voltar rápido, mais forte de cabeça. Vou me cuidar e fazer tudo o que o departamento medico quiser”, disse.

A intenção do jogador com este novo comportamento é apagar o ano ruim de 2011 e voltar a mostrar o futebol de 2008, quando foi destaque do Palmeiras no título paulista e era considerado um dos principais jogadores do futebol brasileiro. “Este ano me sinto diferente e a razão desta mudança é o ano ruim que tive no ano passado. Tenho certeza que vou terminar este ano sendo um dos destaques do Brasileiro”, comentou.