enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Vadão aposta na “mística” para levar a vaga na Copa

  • Por Rodrigo Sell

Se o Atlético precisa quebrar o tabu de nunca ter vencido na Ilha do Retiro e, pelo menos, fazer dois gols para se classificar, chame o técnico Osvaldo Alvarez. O treinador rubro-negro vem se especializando em reverter vantagens do adversário e aposta em sua mística para motivar o grupo de jogadores após perder em casa e dar a vantagem para o Sport. Além de tentar fazer a cabeça dos atletas para que voltem a mostrar um bom futebol, Vadão deverá alterar o sistema tático para o 4-4-2 e empurrar o time para cima do Leão do Norte.

“Se for por causa de tabu nós estamos tranqüilos. Eu também sempre me dei muito bem com tabus, apesar de não levar isso em consideração”, dispara o técnico atleticano. No entanto, Vadão não esquece suas façanhas: levou o XV de Piracicaba pela primeira vez à Série B em 1995, levou o Atlético pela primeira vez a uma Copa Libertadores, levou o São Paulo a ganhar pela primeira vez o Torneio Rio-São Paulo, fez o Guarani ganhar do Mogi Mirim depois de 12 anos e fez a Ponte Preta vencer o Guarani após 16 anos. “Se for por tabu, nós estamos numa situação boa”, brinca.

Brincadeiras à parte, Vadão mantém a seriedade e começa a moldar hoje a equipe que irá à campo para a missão quase impossível de bater o Leão do Norte e sobreviver na Copa do Brasil. O treinador disse que irá preservar os jogadores que cometeram erros na partida de ida, mas acena para a volta ao 4-4-2. A tendência é que o volante Leomar ganhe a chance de voltar a vestir a camisa rubro-negra como titular. Dessa forma, o zagueiro Daniel deixaria a equipe.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas