Usain Bolt repetiu a performance de sua estreia na temporada e venceu a prova dos 100 metros rasos no Meeting de Ostrava, na República Checa, nesta terça-feira, com o tempo de 9s91, o mesmo registrado na etapa de Roma da Diamond League, na quinta passada.

Como aconteceu em Roma, Bolt largou mal e precisou se esforçar para alcançar os rivais e cruzar a linha de chegada em primeiro. Depois do susto, o jamaicano reduziu o ritmo nos metros finais. Seu compatriota Steve Mullings ficou em segundo lugar, com 9s97, seguido de Daniel Bailey, de Antígua e Barbuda, com 10s08.

Em início de temporada, Bolt ainda está distante do seu melhor tempo, de 9s58, que é o atual recorde mundial. Nesta semana, o jamaicano afirmou que seu objetivo em Ostrava era correr mais rápido do que na Itália. Como não alcançou a meta, ao igualar o tempo da corrida anterior, Bolt adiou o objetivo para sua próxima disputa, no dia 9 de junho, na etapa de Oslo da Diamond League.

Ainda em Ostrava, o atleta paraolímpico Oscar Pistorius marcou o tempo de 46s19 nos 400 metros e ficou longe do índice para disputar o Mundial da Coreia do Sul, em agosto deste ano, e os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

O sul-africano, que corre com duas próteses por não ter as duas pernas, precisa repetir seu melhor tempo, de 45s25, para assegurar vagas nas próximas grandes competições. “Estou um pouco decepcionado com meu tempo, pensei que poderia fazer melhor”, lamentou Pistorius, que ainda terá outras chances para obter os índices.