São Paulo – A equipe de São Caetano venceu a primeira etapa da Volta Ciclística de São Paulo. Na manhã deste domingo no Autódromo de Interlagos, na capital paulista, o uruguaio Hector Figueiras terminou em primeiro os 21 quilômetros da etapa de abertura.

– Esse resultado foi fruto de uma preparação muito forte que fiz nos últimos três meses especialmente para a Volta Ciclística de São Paulo. Apesar de sabermos que ainda teremos muita coisa pela frente, estamos confiantes num bom resultado – disse Figueiras.

Figueiras marcou 26m35 e foi seguido por Nilceu Aparecido dos Santos (São José dos Campos), com 26m37, e pelo argentino Sebastian Manuel Cancio, companheiro de equipe de figueiras, que fez 26m39.

O técnico da equipe São Caetano, Eduardo Trilini, encara com normalidade o fato de ser argentino e comandar uma equipe brasileira com ciclistas nacionais, o uruguaio Figueiras e o também argentino Cancio. Para ele, independentemente da nacionalidade dos atletas,
o que vale são os resultados apresentados.

– Fui contratado para fazer

o melhor, independentemente da nacionalidade dos ciclistas. Acredito até que pela diversidade de sermos uma equipe do Mercosul, podemos levar alguma vantagem, pois tentei escolher os melhores disponíveis e esse resultado de termos dois entre os três primeiros ciclistas incentiva os atletas a manterem a boa performance – explicou Trilini.

Nilceu Aparecido dos Santos, que tem um histórico de bons resultados especialmente na pista de Interlagos, onde em janeiro se sagrou campeão da Copa América de Ciclismo, se disse feliz com a segunda colocação e a boa largada na Volta Ciclística de São Paulo.

Como as etapas serão muito longas, a Volta Ciclística de São Paulo promete ser bastante dura. Na minha opinião, a definição só sairá mesmo no último dia. O resultado desta primeira etapa não tem tanta importância assim na classificação final, mas sempre é bom andar entre os primeiros – completou.

Volta Ciclística de São Paulo

São José dos Campos – A vitória na segunda etapa da Volta Ciclística de São Paulo, na tarde de ontem nos 89 km entre São Paulo e São José dos Campos, no Vale do Paraíba, deu o segundo lugar na classificação geral a Tiago Fiorilli, da equipe Extra/Caloi/Suzano. Ele completou o percurso em 1h58m41. Em segundo lugar ficou Armando Camargo (Memorial Santos) com 1h58m43. O uruguaio Hector Figueiras ficou em terceiro com 1m58m52.

"Foi uma emoção inigualável vencer aqui no Vale do Paraíba, pois minha família toda estava presente na chegada. Para a próxima etapa ainda vamos conversar com a equipe para ver a melhor tática", disse Fiorilli, numa referência à presença, principalmente, da mãe que mora em São José dos Campos.

Com o resultado, Figueiras, ganhador da etapa de abertura realizada ontem pela manhã em Interlagos, se manteve na liderança da Volta Ciclística de São Paulo. O ciclista da equipe Nossa Caixa/Sundown/São Caetano tem o tempo total de 2h25m21. Fiorilli ocupa o segundo lugar, um segundo atrás, com Armando Camargo em terceiro com 2h25m24. A terceira etapa da Volta Ciclística de São Paulo será nesta segunda-feira pela manhã entre as cidades de São José dos Campos e Atibaia, num total de 109 km.

"A idéia é seguir sempre entre os primeiros, mesmo que não seja vencendo as etapas. Estamos preparados para continuar fazendo um bom papel não só individualmente, mas também como equipe", completou o líder Hector Figueiras.