As semifinais da Copa Libertadores estão definidas. De um lado, um duelo brasileiro entre Corinthians e Santos. Do outro, a Universidad de Chile se classificou nesta quinta-feira para enfrentar o Boca Juniors, da Argentina, depois de eliminar o Libertad, do Paraguai, com a vitória por 5 a 3 na disputa por pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal, no estádio Nacional, em Santiago. Na partida de ida, em Assunção, na semana passada, também houve uma igualdade em 1 a 1.

Nesta quinta, a Universidad de Chile saiu na frente no placar com um gol de falta, que passou por baixo da barreira paraguaia, do meia Díaz, aos 18 minutos do primeiro tempo. Cinco minutos depois, o Libertad conseguiu o empate com um gol contra do zagueiro González, após falta cobrada pelo lado direito do ataque visitante.

Na semifinal, a Universidad de Chile leva vantagem sobre o Boca Juniors. Assim, a partida de ida, provavelmente no dia 13 de junho, acontecerá no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. A volta, na semana seguinte, será no estádio Nacional, em Santiago.