A Uefa anunciou nesta terça-feira que o Fenerbahçe está excluído da próxima edição da Liga dos Campeões. O Conselho de Controle e Disciplina da Uefa decidiu que o clube turco fez parte de um escândalo de manipulação de resultados em 2011.

Pela decisão, o Fenerbahçe está proibido de participar das próximas três competições europeias para as quais consiga a classificação. A punição terá início já na temporada 2013/2014, com a exclusão da Liga dos Campeões, principal torneio de clubes do continente. A suspensão na terceira competição está condicionada a um período probatório de cinco anos.

O clube turco chegou a ser excluído das competições europeias no início da temporada 2011/2012 por envolvimento em manipulação de resultados. A punição mais ampla foi tomada após a Uefa tomar conhecimento de novas evidências referentes ao caso de manipulação que teria levado o time ao título turco de 2011.

Na mesma decisão, anunciada nesta terça, a Uefa excluiu o Besiktas da próxima Liga Europa por caso semelhante. A entidade decidiu que houve manipulação de resultado na final da Copa da Turquia do mesmo ano. O Besiktas faturou aquele título em decisão nos pênaltis.

Ainda nesta terça, a Uefa excluiu o Steaua Bucharest das competições europeias da próxima temporada. Pela decisão, o clube romeno ficará em período probatório durante cinco anos. Todos os times punidos nesta terça podem recorrer ao Conselho de Apelação da Uefa.