A reunião da noite de quinta-feira apresentou algumas surpresas, mas o movimento de aposta voltou agradar atingindo R$ 165.933,00. As provas mais importantes foram vencidas por Keep The Magic , no páreo velocidade, e Flor Selvagem na prova reservada para éguas.

Flor Selvagem, de criação do Stud Alsan, ganhou a Prova Especial Matias Machline, defendendo a farda do Stud Taj-Mahal. Apresentou-se sempre com destaque e, nos 200 finais, defendeu-se do forte ataque de Kalpa, que mesmo vindo de cura, por pouco não dominou a pensionista de Jairo Borges, que na fase decisiva da prova foi tocada com muita energia por Valdir Rodrigues de Souza. Ali Queen terminou na terceira colocação.

Keep The Magic, de criação do Haras Treis Pinheiros, venceu a Prova Especial José Luiz Franceschi, defendendo as cores do Haras Rio Iguassú. Bem dirigida por Edgar Araujo e apresentada em boa forma por Ademar de Barros Pereira, dominou seus rivais de ponta a ponta, enquanto Pão de Açucar defendeu o segundo muito ameaçado por Otter Rock, que atropelou forte na reta de chegada.

Outras provas

King Dover, do Haras Itacorá, venceu a prova de abertura, depois de dura luta com Independence Day, durante todo o percurso. Na reta muito exigido King Dover dominou Independence Day, com Oly Di Glory na terceira colocação.

Tia Ada, de criação e propriedade do Haras Valente, venceu a prova reservada para produtos de 2 anos. Infusão chegou a dar impressão de vitória, mas no final foi dominada por Tia Ada. Lavra de Ouro chegou a seguir.

Fhj Five Star, de Simone Cristina Schmitz, venceu a prova reservada para produtos da raça árabe, dominando Bisho Jazz Ap, no final, com o favorito Axton Hcf, sem corresponder na terceira colocação.

True Garden, do Stud P.K.B., conseguiu sensacional vitória na quarta prova, dominando a corrida nos metros finais, com Forever Hill, que também atropelou forte, perto na segunda colocação. Phantasy-Lark terminou na posição imediata.

Intenta, de Mountain Bike Stud, surpreendeu na sétima corrida da noite, com pule de 51,70. Depois de dominar Birrado, defendeu-se do ataque de Ki Gloria, com Birrado atrasando-se para terceiro.

Grand Julio, do Stud Koala, venceu a penúltima prova da noite, depois de dura luta com Prospect Boy, que formou a dupla muito ameaçado por Park City. Magicness completou uma quadrifeta de R$ 1.843,00.

Itaverá, do Stud Victor Petrochinski, confirmou seu favoritismo. Depois de assumir a ponta na reta de chegada, seguiu fácil até o final, deixando Damirita e Hija Buena nas posições imediatas.

Acidente na prova final de 5.ª-feira

Na reta de chegada do último páreo de quinta-feira, o cavalo Kara Legal “rodou” atirando ao solo o jóquei Manoel Marques, que foi levado pata hospital para exames, mas felizmente nada houve de grave e, na manhã de ontem, já estava interessado em montarias para a reunião da próxima semana.