Salvador – Bahia e Vitória empataram por 2 a 2, ontem, no Estádio da Fonte Nova, em Salvador, na primeira das duas partidas pela decisão do Campeonato Baiano.

Com o resultado, o Vitória manteve a vantagem e joga agora por um outro empate no próximo domingo, no Estádio Barradão, para se sagrar tetracampeão baiano.

Num primeiro tempo em que prevaleceu o anti-jogo, o árbitro teve trabalho para coibir a violência. Distribuiu quatro cartões amarelos e ainda expulsou o lateral Edílson, do Vitória. Apenas um lance de perigo emocionou os torcedores. Aos 22 minutos, Guaru cobrou uma falta para o Bahia e obrigou o goleiro Felipe a fazer uma difícil defesa.

No segundo tempo, os jogadores decidiram jogar bola e os gols acabaram saindo. Viola abriu o placar aos 8 minutos, ao completar de cabeça o cruzamento de Luiz Alberto. Quatro minutos depois, o zagueiro Marcelo Heleno empatou, também de cabeça, para o Vitória.

Aos 18 minutos, Guaru fez 2 a 1 para o Bahia. Quando parecia que o resultado estava garantido, Xavier empatou novamente para o Vitória, aos 43, marcando de cabeça.

Ficha técnica

Gols: Viola, aos 8, Marcelo Heleno, aos 12, Guaru, aos 18, e Xavier, aos 43 do segundo tempo.

Bahia: Márcio, Leonardo, Reginaldo e Alisson; Marcos Vinícius (Paulinho), Luiz Alberto, Cícero, Guaru e Luciano Amaral; Viola (Magno) e Dill. Técnico Hélio dos Anjos.

Vitória: Felipe, Edílson, Marcelo Heleno, Claudiomiro e Sandro; Xavier, Ferdinando, Leandro Domingues (Carlos Magno) e Zé Roberto; Gilmar (Magnum)e Alecsandro (Marcelo Ramos). Técnico René Simões.

Renda: R$ 288.200,00. Público: 38.673 pagantes.

Cartões vermelhos: Edílson e Luiz Alberto.