A definição do duelo entre a Argentina e França, válido pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis, ficou para o quinto jogo. O francês Jo-Wilfried Tsonga empatou a série em 2 a 2 ao vencer o argentino Juan Mónaco por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/0. Agora, ainda neste domingo, Carlos Berlocq e Gilles Simon definem um dos semifinalistas da competição.

A partida teve duração de apenas 1 hora e 42 minutos e foi completamente dominada por Tsonga, número 8 do mundo, bem superior a Monaco, 19º colocado no ranking da ATP, para decepção dos torcedores argentinos no Parque Roca, que fica ao sul de Buenos Aires.

A vitória confirmou a vantagem de Tsonga no confronto direto com Juan Monaco. O francês já havia derrotado o argentino no Aberto da Austrália de 2009, em Roland Garros no mesmo ano e no Masters 1000 de Montecarlo em 2012.

A série começou na sexta, com vitória de Tsonga sobre Berlocq e triunfo de Mónaco diante de Simon. No sábado, a Argentina abriu vantagem ao vencer o jogo de duplas, com David Nalbandian e Horacio Zeballos, que superaram Michael Llodra e Julien Benneteau.

A França venceu os cinco confrontos anteriores que fez a Argentina, incluindo um 5 a 0 nas semifinais de 2010, em Lyon. Quem avançar neste duelo vai a enfrentar a República Checa, que eliminou o Casaquistão, nas semifinais desta edição da Copa Davis.