enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Tricolor quer manter embalo e acertar questões financeiras

Nas sete próximas rodadas, serão cinco jogos em casa

  • Por Irapitan Costa

O Paraná Clube busca, a partir deste sábado, uma “bola de neve positiva”. Com casa cheia e uma vitória sobre o Sport – às 16h20, no Durival Britto -, o Tricolor abriria caminho para fechar bem o primeiro turno e iniciar a segunda metade na competição embalado. Nas sete próximas rodadas, serão cinco jogos em casa. “É momento de alavancarmos nossa campanha. Para isso, precisamos muito do nosso torcedor”, disse o superintendente Celso Bittencourt.

Caso obtenha sucesso no campo e nas bilheterias, o Paraná resolve também suas questões financeiras. “A conta é simples. A cada dois jogos com mais de dez mil pagantes, pagamos uma folha salarial do futebol”, destacou Bittencourt. “Temos um grupo competitivo. Certamente o melhor dos últimos anos. Acredito que esses jogadores merecem esse voto de confiança”. Com este foco, o clube lança campanha em outdoors, utilizando a imagem dos principais atletas, com o slogan “A hora é agora: Vem pra Vila!”.

“Somos muito gratos aos quatro mil que têm, fielmente, ido a todos os jogos. Mas, precisamos de mais. A meta é triplicar esses números”, revelou Celso. Para garantir um incentivo a mais – além do bom time -, a diretoria reduziu os preços dos ingressos. No jogo frente ao Sport, o setor popular (Curva Norte e Reta do Relógio) custará R$ 40. Quem comprar o ingresso antecipado (até sexta-feira) irá concorrer às vinte camisas utilizadas pelos jogadores nesta partida. A venda se inicia hoje, nas sedes Kennedy, Boqueirão e Capanema.

Desde a queda para a Série B, em 2007, o Paraná nunca contou com um grupo tão equilibrado. “Sempre houve muita cobrança para a montagem de um grupo competitivo. Hoje, nós temos este grupo, que já deu sinais de que vai brigar, até o fim, pelas primeiras colocações”, analisou Bittencourt. Para o técnico Dado Cavalcanti, era muito importante fechar a maratona de jogos (foram sete jogos em 22 dias) entre os quatro primeiros. “Agora, teremos mais tempo para ajustar o time e corrigir alguns detalhes. Estas duas semanas cheias serão importantíssimas”, ponderou.

O jogo do próximo sábado marca, também, o fim de uma série de cinco confrontos diretos pelas primeiras posições. Nas rodadas seguintes, o Paraná terá pela frente equipes da parte inferior da tabela, sendo que três dos seis duelos serão contra equipes que estão na zona do rebaixamento. “Não há jogo fácil nesta Série B. Mas, atuar em casa é sempre uma vantagem a ser explorada”, admitiu Dado Cavalcanti. Como mandante, o Tricolor ainda está invicto na competição, com dois empates e cinco vitórias.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

17 Comentários em "Tricolor quer manter embalo e acertar questões financeiras"


EUGENIO COSTA
EUGENIO COSTA
5 anos 9 meses atrás

Time grande comeca pela torcida, por varios fatores, nao somente pelos ingresos financeiros ao clube, tambem desperta interesse pelos patrocinadores. Quem faz o FLAMENGO sinceramente um time comum como qualquer outro, e o tamaño da torcida =corintia

Luiz Fernando F. Araujo
Luiz Fernando F. Araujo
5 anos 9 meses atrás

Bora pra Vila sabadão galera , encurralar o tal de Sport , fazer aquela festa e de quebra colaborar c/ a saúde financeira do clube ………………………………É TRICOLOR !!!

Carlos Junior
Carlos Junior
5 anos 9 meses atrás

No mínimo, 15.000 tricolores sábado na Vila….a torcida do Paraná é muito maior do que pensam alguns, mas precisa comparecer….

Cesar Advg
Cesar Advg
5 anos 9 meses atrás

15 nao né carlos? 10 ta bom

Carlos Junior
Carlos Junior
5 anos 9 meses atrás

A hora é AGORA….a partir desse sábado contra o Sport, não podemos aceitar menos que 15.000 torcedores presentes na Vila!!!
Cadê os 45.000 tricolores que foram ao Pinheirão, na decisão da Copa Sul/99?

wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas