Em jogo tumultuado e marcado por equívocos da arbitragem, o Paraná Clube enfrentou o Duque de Caxias na tarde deste sábado, no Rio de Janeiro, e perdeu por 2 a 1. Com o resultado, o Tricolor caiu para 16.ª posição na Série B, com 17 pontos.

O próximo compromisso do time de Sérgio Soares será na terça-feira, contra o Bragantino, às 21 h, na Vila Capanema. Para esta partida, Freire e Adoniram retornam de suspensão. Há a expectativa de que Rafinha e Adriano possam fazer sua estreia com a camisa paranista. Aderaldo, que foi expulso hoje é desfalque certo.

O começo do jogo foi um marasmo total, mas a partir dos 20 minutos a partida pegou fogo. Oziel levantou na área, Edvaldo cabeceou e fez o gol, mas o assistente anotou impedimento. Aos 23, Paulo Rodrigues entrou na área com liberdade e bateu por cima do gol.

Aos 25, o zagueiro Gustavo colocou a mão na bola dentro da área: pênalti. Dedimar cobrou e o goleiro Viníciu defendeu, mas o assistente mandou voltar a cobrança entendendo que o goleiro se adiantou.

Dedimar bateu novamente e abriu o placar: 1 a 0. Aos 29 mais um gol do time da casa anulado. O Duque foi melhor e criou mais duas grandes oportunidades desperdiçadas com Juninho e Edvaldo.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Sérgio Soares acertou a marcação do time e o Duque não encontrou as mesmas facilidades da primeira etapa, mas aos 11 minutos, Aderaldo, que já tinha amarelo, fez falta dura em Juninho, recebeu o segundo amarelo e foi expulso de campo. Com um a menos, Dirley entrou no lugar de Wando para recompor a marcação.

Aos 14 minutos um lance incrível. Edvaldo recebeu e cabeceou na trave. No rebote ele bateu e jogou para fora. Aos 16, Oziel cruzou nos pés de Thiago Santos, que empurrou para as redes: 1 a 1. Aos 22, Thiago Santos driblou Dirley dentro da área e foi derrubado: pênalti.

Edvaldo bateu e Ney defendeu, mas o árbitro marcou invasão de área e mandou voltar. Na cobrança, o mesmo Edvaldo virou o jogo. Aos 29, Leandro Chaves dividiu com Dedimar e quase quebrou a perna do jogador paranista. Recebeu o vermelho.

Aos 35, Juninho deu carrinho criminoso em João Paulo e também foi expulso. Com um a mais em campo, o Tricolor pressionou até o fim, mas não conseguiu o empate. Final: Paraná 1, Duque de Caxias 2.