O São Paulo tem tudo para deslanchar no Campeonato Paulista. Hoje, às 20h30, recebe o lanterna Santo André no Morumbi. Palco e adversário perfeitos para o time de Muricy Ramalho acertar os ponteiros e ganhar moral na competição, apesar dos dez pontos que tem, perto do líder Santos, que soma 15 em um jogo a mais.

Mas o retrospecto recente contra os pequenos recomenda cautela.

No Paulistão do ano passado o time vacilou três vezes – empates contra Noroeste e Guarani e a derrota para o Juventus. Este ano, suou para bater o Ituano (1 x 0).

?O Santo André é sempre um time muito chato. A equipe tem experiência e pode complicar?, alertou o técnico Muricy Ramalho, que adotou de vez a formação com três zagueiros – Alex Dias, Miranda e André Dias serão os titulares novamente.

Clube age rápido e acerta com Jorge Wagner

A diretoria do São Paulo conseguiu se recuperar rápido da perda de Mineiro. Ontem, o empresário Gustavo Amorim, em entrevista à Rádio Record, anunciou que o clube do Morumbi já tem tudo acertado com o meia Jorge Wagner, 28 anos, que pertence ao Betis, da Espanha, e fazia parte dos planos do Grêmio. ?Restam apenas alguns detalhes, mas, no máximo em 72 horas ele estará se apresentando ao São Paulo?, garantiu Amorim.

O baiano Jorge Wagner, que foi campeão da Libertadores do ano passado com o Internacional, chega por empréstimo até o fim do ano. Mas, para contar com o atleta, o São Paulo ainda precisa receber a autorização da Fifa para escalá-lo antes de julho. Isso porque Jorge Wagner já atuou em outras duas equipes no período de um ano. Para receber o aval da entidade, o time paulista conta com a decisão tomada no caso do argentino Javier Mascherano, autorizado a transferir-se ao Liverpool após jogar pelo Corinthians e West Ham em menos de 12 meses.

O vice-presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, não confirma a negociação, mas disse que anunciaria dois nomes até hoje – e sinalizou que os reforços chegariam da Europa. Outro nome que interessa é o de Kléberson, ex-Atlético, atualmente no Besiktas, da Turquia, além do atacante Dagoberto.