São Paulo – Com a venda de Lugano praticamente confirmada, o São Paulo vai às compras. Buscará um substituto para o zagueiro uruguaio, que chegou como desconhecido e virou ídolo da torcida. Adaílton, do Rennes, que faz tratamento médico no clube, e Rodrigo, atualmente na Ucrânia, são os nomes preferidos.

O São Paulo arrecadará em torno de R$ 11,2 milhões (4 milhões de euros) com a venda de Lugano. É metade do valor oferecido pelo Fenerbahçe, da Turquia. A outra metade pertence ao empresário Juan Figer, sócio do São Paulo no jogador.

João Paulo de Jesus Lopes, diretor de futebol, usa uma metáfora para mostrar a necessidade de contratação. ?Às vezes, você está no shopping e vê uma camisa bonita. Não precisa tanto, mas a oportunidade é boa e você faz o negócio. Outras vezes, você precisa sair de casa para comprar roupa porque realmente está precisando.?