A mobilização Rumo à Série A reuniu mais de 2.500 paranistas na sede da Kennedy, ontem à noite. Em meio a vídeos com depoimentos emocionantes de velhos e novos aficcionados pelo Paraná Clube, a apresentação dos novos uniformes, cachecóis e ajustes no plano SemPRe torcedor serviram de pano de fundo para o “prato principal”.

Desde ontem, o torcedor tricolor poderá escrever seu nome na camisa do Tricolor, neste momento onde a redenção e a volta à primeira divisão nacional são o grande desafio de um clube que há quatro anos convive com dificuldades econômicas, resultado da “opressão” gerada pelas cotas de tevê.

O Paraná, numa iniciativa inédita de seu grupo de marketing, lançou a “camisa 3”, que terá espaço frontal e nas costas para a colocação de 1500 nomes. “Esses torcedores estarão vinculando seus nomes à esse momento histórico, de uma verdadeira guinada do Paraná Clube. Somos o clube do povo e por isso será o povo que irá nos reconduzir à elite nacional”, disse o assessor da presidência Marcelo Romano, ao apresentar o projeto, que apresenta planos de R$ 1.989 a R$ 534.

Valores que podem ser parcelados em até seis vezes. O patrocinador “master”, além de perpetuar seu nome na camisa do Paraná, receberá flâmula, camisas oficiais (2) e diploma exclusivo. Além, é claro, do prêmio principal, a exclusiva camisa 3, com os nomes dos 1500 “colaboradores”.